MENU

11 de junho de 2015 - 17:54F-E

Sexy F-E

Natalie aproveitou para sentar no carro da Dragon (Foto: Reprodução)

Natalie aproveitou para sentar no carro da Dragon (Foto: Reprodução)

Por Pedro Henrique Marum

A cantora e atriz australiana Natalie Imbruglia está voltando à música, apresentações ao vivo e lançando um novo disco após ficar um tempo afastada para outros projetos. Numa dessas primeiras apresentações de volta, em Mônaco, num evento beneficente, ela acabou compartilhando a cidade com os carros elétricos da F-E. E está apaixonada.

A estrela de ‘Torn’ aproveitou para ficar e ver o que a F-E oferece. Agora, segundo a própria, ela “só quer saber da F-E”.

“Eu não sou muito uma viciada em carros, e correr não é meu hobby – eu tenho ouvidos sensíveis. Mas eu não precisei usar protetor auditivo! Eu fiquei vagando o dia todo, foi muito divertido. Agora eu só quero saber da F-E”, ela contou numa entrevista para o site ‘Current-E.com’.

Se as críticas do mundo do automobilismo são de que os carros elétricos não são rápidos o bastante, Natalie discordou e destacou a velocidade. Mas muito mais do que isso, ela deu das melhores definições da nova categoria até o momento: a F-E é “sexy”.

“É animador o quão rápido é. A intensidade do time trabalhando junto, a adrenalina corre feroz. É incrivelmente viciante. Um pequeno erro pode causar uma perda de posição ou mesmo de corrida. Eu acho que vai se dar muito bem. Tem algo sexy em relação à F-E. É novo e divertido e não fede. Não posso recomendar o bastante.

A cantora se encantou também com a chance de andar pelo grid e conversar com os pilotos momentos antes da corrida. Para ela, a analogia fácil é que parece um caso de visita ao camarim de uma cantora pouco antes do começa de um show, um momento até sagrado.

“Eu amei. Não acreditei que podia ir ao grid antes da largada. É como se alguém viesse ao meu camarim antes de um show. É como andar em solo sagrado! Pude falar com alguns pilotos, ainda que eles estejam em modo de trabalho, depois parei no boxe do Jay Penske para assistir a corrida. Teve aquela batida forte na primeira volta [protagonizada por Bruno Senna, Daniel Abt e Nicolas Prost], e então um carro da Dragon veio entrando rápido. Todo mundo estava gritando, foi muito divertido”, relatou.

Natalie lembrou do caso que mostrou seu amor entubado pelo esporte a motor. Em 1999, foi uma das convidadas a participar da corrida das celebridades que aconteceria antes do GP da Austrália que abriu a temporada. Ela precisou treinar para conseguir autorização e ir à pista com uma BMW Z3. O fim das contas foi o muro.

“Tivemos de treinar para tirar a licença de corrida, então fiquei viciada pela velocidade. Eu fui ficando mais e mais rápida. Mas então toquei a grama e fui escorregando até o muro. Bati forte o bastante para meu capacete bater no vidro. No dia seguinte, a TV ficava repetindo a imagem da batida em ‘slow-motion’. Aí quando chegou a hora da corrida eu guiei como uma vovó”, lembrou.

E depois desse amor todo, a cantora ainda confirmou que espera ver a corrida final da temporada, em Londres. “Eu tenho um trabalho nesse fim de semana, mas estou torcendo que dê para voltar em tempo da segunda corrida no domingo.”

2 comentários

  1. fabio de souza disse:

    O q ela gostou foi do som de secador de cabelos que tem os carros

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>